Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ossapossabembeijar?

Um canto despretensioso que fala de nada e de pouco ... mas onde se pode sentar tranquilamente e não pensar! Um pedaço onde vale a pena esperar ... por "porra" nenhuma ...

Um canto despretensioso que fala de nada e de pouco ... mas onde se pode sentar tranquilamente e não pensar! Um pedaço onde vale a pena esperar ... por "porra" nenhuma ...

21
Out19

#123 | Uma história no Multibanco ...

ossapossabembeijar

A rapariga estava à minha frente na fila para o Multibanco. Era gira, morena e de cabelo comprido.

Quando chegou a vez dela foi muito desenvolta a enfrentar a máquina. Estava de calções (ainda se anda de calções com este frio?) e tinha formas interessantes.

A máquina deu-lhe dinheiro, mas não ficou satisfeita. Ficou em frente ao Multibanco a ver o papelinho. Via com cuidado e chegou a virá-lo do avesso a ver se tinha algo escrito 

Voltou a meter o cartão e fez não sei quantas e quais operações. Saiu outro papelinho da máquina. Voltou a olhar com cuidado. E de novo também viu o avesso. 

Virou-se para mim e pediu ajuda:

- Desculpa, eu ontem levantei dinheiro do Multibanco e tinha um saldo de 10 euros. Hoje voltei a tirar e o meu saldo é de 20. Achas isto possível?, disse-me olhando nos olhos.

Sorri e respondi calmamente aquilo que me parecia a resposta racional:

- Sim se depositaste ou alguém o fez por ti.

- Não, ninguém depositou dinheiro nenhum na minha conta, respondeu de pronto.

Não sei porque, mas veio-me uma luz 

- Posso ver o papel?, questionei

Mostrou-me olhei e PIMBA, na mouche:

- Repara tens saldo de 20 euros, mas é negativo, já deves dinheiro ao banco, disse-lhe

- Como se vês isso?, perguntou com ar de desconfiada.

- Vês este tracinho de menos antes do 20, isto quer dizer que estás com a conta negativa.

- Ai meu Deus, cá f*da! Estou sem dinheiro e já estou a dever ao banco, exclamou com surpresa

- Pois estás, respondi eu.

Agradeceu-me e seguiu viagem pela avenida fora. Avancei para o Multibanco com um grande sorriso. Olhei para trás (a rapariga já me parecia um saco de batatas ...)

E dei uma enorme gargalhada!!! 

39 comentários

Comentar post

Pág. 1/2